Notícias

cx1

SEAP- BAHIA ABRE CHAMAMENTO PÚBLICO PARA FIRMAR PARCERIAS COM EMPRESAS PRIVADAS

“Uma oportunidade de fazer diferente”. Esse é o lema trazido pela Secretaria de Administração Penitenciária e Ressocialização da Bahia com a abertura do Chamamento Público, divulgado no Diário Oficial do Estado, para que empresas interessadas em utilizar a mão de obra carcerária se inscrevam e participem da seleção.

Uma oportunidade para que as empresas contribuam com a ressocialização de internos e, em contrapartida, por não haver vínculo empregatício, também não existirão encargos sociais incidentes sobre os valores pagos pela utilização de tal mão de obra. A empresa ou empreendedor, que utilizar a mão de obra carcerária, pagará 75% do salário mínimo e não precisam pagar o 13º salário nem férias.

E para os internos, além de propiciar uma fonte de renda, a contratação de mão de obra carcerária permite a ressocialização do preso por meio do trabalho, bem como a redução de sua pena. A cada três dias trabalhados o preso tem um dia reduzido em sua pena e 25% da remuneração do interno é guardada numa conta pecúlio e entregue a ele ao final do cumprimento da pena.

Atualmente, mais de 20 empresas oferecem atividades ressocializadoras dentro de penitenciárias em todo o Estado, com atuação em diversas áreas como, padaria, pintura, sacos de lixo, confecção de portas de alumínio, estopas entre outras.

Até o dia 17 do mês em curso, será possível realizar a inscrição junto a Comissão de Licitação, e a Seap espera que as empresas privadas se sensibilizem com a importância da ressocialização e aproveitem a oportunidade para fazer diferente.

Para mais informações sobre o Edital ver publicação no Diário Oficial do Estado, Edição de 16 de março de 2017. Caderno Licitação, páginas 08 e 09.

Fonte: http://www.seap.ba.gov.br/

Arquivos
Conjunto penal de Barreiras promove curso de qualificação profissional
Mutirão jurídico movimenta unidade de Itabuna
Conjunto penal masculino de Salvador realiza ação de odontologia
Colaboradoras do Conjunto Penal de Vitória da Conquista realizam curso do CNJ
Círculo de construção de paz é realizado na unidade de Salvador

Em parceria com o SENAI e SEAP, o conjunto penal de Barreiras promoveu um curso profissionalizante de pedreiro polivalente, com carga horária de 160 horas. A atividade aconteceu no dia

//
12 de julho de 2024

O conjunto penal de Itabuna em parceria com a Defensoria Pública da Bahia, realizou um mutirão jurídico referente ao segundo semestre de 2024. Itabuna é a primeira cidade do interior

//
9 de julho de 2024

A equipe de odontologia do Conjunto penal masculino de Salvador, promoveu uma ação para 114 reeducandos no início do mês de julho. O encontro aconteceu no solário da unidade, com

//
4 de julho de 2024

O Conselho Nacional de Justiça (CNJ), realizou entre os dias 04 e 06 de junho, o 3° ciclo de capacitação online da ação nacional de identificação civil e emissão de

//
25 de junho de 2024

A Justiça Restaurativa realizou um círculo de construção de paz com 487 custodiados do conjunto penal masculino de Salvador. Com início em 19 de junho de 2024, a atividade acontecerá

//
25 de junho de 2024