Notícias

pr2

EM PARCERIA COM INSTITUTO PEDRO MELO, CONJUNTO PENAL MASCULINO DE SALVADOR INICIA MUTIRÃO PARA EMISSÃO DE DOCUMENTOS DE IDENTIDADE

O Conjunto Penal Masculino de Salvador, por meio do setor de serviço social da unidade, sob a responsabilidade das assistentes sociais da SOCIALIZA, Tania Silva e Jaqueline Rigaud, iniciou nesta segunda feira, 12/03, em parceria com o Instituto Pedro Melo, à confecção de documentos de identidade civil dos reeducandos do Conjunto Penal.
De acordo com as assistentes sociais, é feito um levantamento, entre a população carcerária, sobre aqueles que não têm documentos pessoais. Segundo elas, boa parte chega ao sistema prisional sem ter ao menos a certidão de nascimento, “A maioria deles é registrado, mas não tem a certidão ou qualquer outro documento físico em mãos. Infelizmente sempre nos deparamos com uma maioria sem documentação pessoal”, afirmou Tania Silva.
“Fornecer gratuitamente o documento de identidade para a população carcerária faz parte da política de reintegração social da Secretaria de Administração Prisional e Ressocialização – SEAP, para o resgate da cidadania do indivíduo preso”, completou o diretor do CPMS, Sr. Paulo Salinas.
A segunda etapa do projeto contemplará a emissão do CPF, através do convênio já firmado com a Receita Federal. A expectativa é atender a toda população carcerária do CPMS com as ações referentes a documentação pessoal.

 

pr1

pr3

 

 [:en]O Conjunto Penal Masculino de Salvador, por meio do setor de serviço social da unidade, sob a responsabilidade das assistentes sociais da SOCIALIZA, Tania Silva e Jaqueline Rigaud, iniciou nesta segunda feira, 12/03, em parceria com o Instituto Pedro Melo, à confecção de documentos de identidade civil dos reeducandos do Conjunto Penal.
De acordo com as assistentes sociais, é feito um levantamento, entre a população carcerária, sobre aqueles que não têm documentos pessoais. Segundo elas, boa parte chega ao sistema prisional sem ter ao menos a certidão de nascimento, “A maioria deles é registrado, mas não tem a certidão ou qualquer outro documento físico em mãos. Infelizmente sempre nos deparamos com uma maioria sem documentação pessoal”, afirmou Tania Silva.
“Fornecer gratuitamente o documento de identidade para a população carcerária faz parte da política de reintegração social da Secretaria de Administração Penitenciária e Ressocialização – SEAP, para o resgate da cidadania do indivíduo preso”, completou o diretor do CPMS, Sr. Paulo Salinas.
A segunda etapa do projeto contemplará a emissão do CPF, através do convênio já firmado com a Receita Federal. A expectativa é atender a toda população carcerária do CPMS com as ações referentes a documentação pessoal.

 

pr1

pr3

 

 

Arquivos
Conjunto Penal de Lauro de Freitas promove ação de imunização contra influenza
Colaboradoras da unidade de Vitória da Conquista celebram dia das mães
Conjunto Penal de Vitória da Conquista deu início as comemorações alusivas a semana do Dia das Mães.
Mutirão Jurídico atende reeducandos do Conjunto penal de Lauro de Freitas
Barreiras: Oficina literária e Sarau artístico movimentam rotina da unidade

O Conjunto Penal de Lauro de Freitas, realizou nos dias 13 e 14 de maio, a ação de imunização contra a Gripe/Influenza. A ação contou com a parceria da Secretaria

//
15 de maio de 2024

Na manhã da segunda-feira (13), as mamães colaboradoras do conjunto penal de Vitória da Conquista foram surpreendidas com uma homenagem em comemoração ao dia das mães. A equipe da unidade

//
14 de maio de 2024

Visando acolher, valorizar, homenagear, fortalecer vínculos familiares e presentear, o Conjunto Penal de Vitória da Conquista (CPVC) promove nesta semana um momento especial para quem gera, cuida, educa, dá exemplo

//
9 de maio de 2024

Seguindo o calendário de atividades, o Conjunto Penal de Lauro de Freitas finalizou o mês de abril realizando um Mutirão, que visa auxiliar os internos com questões jurídicas. O atendimento

//
30 de abril de 2024

Um evento literário promovido pela equipe do Conjunto Penal de Barreiras, contou com a visita de Alex Giostri, Editor, escritor, e coordenador de oficinas literárias em SC e BA. O

//
29 de abril de 2024