Notícias

E1

CONJUNTO PENAL DE ITABUNA REALIZA TESTE RÁPIDO PARA DETECÇÃO DE HEPATITES B E C

“O mutirão foi uma forma de aumentar o interesse delas pela testagem, uma vez que organizamos um bate-papo com todas, informando, em linguagem acessível, os benefícios de conhecer possíveis infecções, como, por exemplo, possibilitar o adequado tratamento” [ Jhenifer Soares – Enfermeira da Socializa no CPI ]

 

 

Conhecer para cuidar. Com esse objetivo, o Conjunto Penal de Itabuna disponibiliza, desde o fim do mês de julho, por meio da campanha “Fique Sabendo”, testes rápidos para detecção de hepatites virais – dos tipos B e C –, beneficiando as reeducandas que cumprem pena na unidade.

No dia 30 de julho a ação foi realizada em forma de mutirão, e atingiu 48 internas das cerca de 70 atualmente custodiadas no CPI. “O mutirão foi uma forma de aumentar o interesse delas pela testagem, uma vez que organizamos um bate-papo com todas, informando, em linguagem acessível, os benefícios de conhecer possíveis infecções, como, por exemplo, possibilitar o adequado tratamento”, explica a enfermeira da Socializa no CPI, Jhenifer Soares.

A iniciativa, desenvolvida pela Socializa envolve os setores de Enfermagem, Farmácia e Psicologia – este último para informar, de forma adequada, o resultado individualizado. Os testes são coordenados pela enfermeira, e os resultados são sigilosos.

Contágio

Entre as formas de contágio, as mais comuns são a exposição a alguma dessas situações: Contágio fecal-oral: condições precárias de saneamento básico e água, de higiene pessoal e dos alimentos (vírus A e E); Transmissão sanguínea: se praticou sexo desprotegido ou compartilhou seringas, agulhas, lâminas de barbear, alicates de unha e outros objetos perfuro cortantes (vírus B, C e D); Transmissão sanguínea: da mãe para o filho durante a gravidez, o parto e a amamentação (vírus B, C e D).

A hepatite é a inflamação do fígado. Pode ser causada por vírus ou pelo uso de alguns remédios, álcool e outras drogas, assim como por doenças autoimunes, metabólicas e genéticas. São doenças silenciosas que nem sempre apresentam sintomas, mas, quando estes aparecem, podem ser cansaço, febre, mal-estar, tontura, enjoo, vômitos, dor abdominal, pele e olhos amarelados, urina escura e fezes claras.

E2

Arquivos
Conjunto Penal de Lauro de Freitas realiza Multidão de Atendimento Psicosociopedagógico.
O governador Jerônimo Rodrigues visitou o projeto Semeando a Liberdade no Bahia Farm Show e conheceu de perto as iniciativas de ressocialização e produção de hortaliças orgânicas na unidade prisional.
Senar Bahia é parceiro do Conjunto Penal de Barreiras no Projeto Semeando a Liberdade
Conjunto Penal de Vitória da Conquista promoveu o Hiperdia em parceria com Médico Especialista em Endocrinologia e Metabologia, Doutor Marcos Prates
Conjunto Penal de Barreiras promove atividades em alusão ao maio laranja

Em conformidade com a política de atendimento socioassistencial à pessoa privada de liberdade, e com a garantia de direitos, o Conjunto Penal de Lauro de Freitas (CPLF), através da SOCIALIZA

//
12 de junho de 2024

O governador Jerônimo Rodrigues conheceu, na manhã dessa terça-feira (11), o projeto Semeando a Liberdade, do Conjunto Penal de Barreiras (CPBa), durante sua passagem pelo estande do Sindicato dos Produtores

//
12 de junho de 2024

O projeto Semeando a Liberdade, no Conjunto Penal de Barreiras, ganhou uma importante parceria para o desenvolvimento das atividades laborativas com os internos. Em atividade desde maio de 2023, o

//
7 de junho de 2024

O grupo de diabéticos integrantes do projeto HiperDia, do Conjunto Penal de Vitória da Conquista, participou, nesta sexta-feira (31), de uma avaliação Médica com o Endocrinologista Marcos Prates. A atividade

//
3 de junho de 2024

O Setor de psicologia do Conjunto penal de Barreiras, promoveu uma atividade para reeducandos acusados de crimes sexuais. O mês é marcado pela Campanha maio laranja, que tem por objetivo

//
22 de maio de 2024