Conjunto Penal Masculino de Salvador realiza aula inaugural do Projeto Oficina Musical

No último dia 13, o Conjunto Penal Masculino de Salvador (CPMS) realizou a aula que dá início ao Projeto Oficina Musical na Unidade.

O Projeto, idealizado pelo músico e policial penal Germano Cruz, capacita pessoas privadas de liberdade para se tornarem músicos especialistas em instrumentos percussivos. Realizado inicialmente na Penitenciária Lemos de Brito, o piloto do projeto nasceu durante o início da pandemia do novo Coronavírus e beneficiou cerca de 35 pessoas na unidade.

Dado o resultado positivo do Projeto, este será expandido para o CPMS, atendendo 45 pessoas privadas de liberdade da Unidade, divididas em três turmas, com aulas uma vez por semana.

Para o diretor da Unidade, Paulo Roberto Salinas, essa é uma oportunidade única de seguir uma outra linha na vida, e acrescentou: “Os senhores podem se tornar músicos profissionais e saírem daqui direto para tocar em uma banda, então abracem essa oportunidade. A gente está sempre buscando alternativas para que a estadia de vocês seja mais proveitosa aqui”.

Germano parabenizou a todos da Unidade, principalmente o diretor e a equipe técnica pelo evento. “Todos gostaram muito, tudo com muito respeito. Esse projeto tem tudo para dar certo e já deu! Uma parceria boa para todos e um trabalho lindo de ressocialização”, completou.

Já o interno Pedro* deixou claro que essa é uma oportunidade excelente e pediu que venham mais oportunidades como essas para todos na Unidade.

O Projeto Oficina Musical tem duração prevista de três meses, com culminância no mês de março.

*O nome original do interno foi preservado.