MUTIRÃO GARANTE DOCUMENTAÇÃO BÁSICA A 40 REEDUCANDOS NO CONJUNTO PENAL DE ITABUNA

Uma ação desenvolvida pelo Instituto de Identificação Pedro Mello (IIPM), e pela empresa Socializa no Conjunto Penal de Itabuna forneceu documentação básica a 40 reeducandos na manhã desse sábado (17).

Um monitor da empresa Socializa foi capacitado pelo IIPM, a fim de realizar a coleta das impressões digitais e os dados de identificação que vão constar dos documentos fornecidos aos reeducandos.

“A documentação civil é um requisito para garantir acesso a serviços e políticas públicas e, também, para que não haja atrasos e embaraços na vida processual de cada um, além de ser um direito assegurado a todo cidadão”, observa o diretor do CPI, major PM Adriano Valério Jácome da Silva.