SETEMBRO AMARELO – CPMS PROMOVE PALESTRAS DE COMBATE AO SUICÍDIO

A campanha do Setembro Amarelo tem o intuito de informar as pessoas sobre o suicídio, uma prática normalmente motivada por adoecimento psíquico. Segundo dados da Organização Mundial de Saúde (OMS), mais de 800 mil pessoas tiram a própria vida todos os anos, sendo 75% destes indivíduos moradores de países de baixa e média renda, além de ser a segunda principal causa de morte entre jovens com idades entre 15 e 29 anos.

E foi pensando nisso, identificando que a população carcerária está inserida nesse grupo de maior incidência, o Serviço de Psicologia em conjunto com o Serviço de Psiquiatria e de enfermagem do Conjunto Penal Masculino de Salvador (CPMS), realizaram uma palestra, para os internos da unidade, com o tema do Setembro Amarelo com o intuito de falar sobre suicídio e adoecimentos psíquicos, promovendo conscientização, clareza e orientações sobre o que é, quais os principais sinais, grupos de risco, além do que pode ser feito nos momentos de desespero.

Todos os dias, pelo menos 32 brasileiros tiram suas próprias vidas e sabendo que muitos dos suicídios podem ser evitados ou reduzidos com políticas eficazes de prevenção, é preciso propagar ensinamentos e políticas de prevenção à vida.

Uma campanha que salva vidas.