INTERNOS DO CONJUNTO PENAL DE ITABUNA TEM SESSÕES DE CINEMA

Como forma de atenuar a tensão pelo encarceramento e o prolongado período sem interações com familiares nas visitas sociais presenciais, o Conjunto Penal de Itabuna (CPI) está promovendo diversas atividades com os internos. Uma dessas atividades, o projeto Cinema Legal, tem sido realizada nos diversos pavilhões e anexos e tem levado alegria e descontração para reeducandos e reeducandas nesse momento de maior isolamento social.

Mantendo o distanciamento e tomando os cuidados necessários, uma vez que nem todos habitam os mesmos espaços, as sessões de cinema fazem a alegria e a diversão de todos que participam. “Sabemos que muitos fazem parte de uma população que nunca esteve em um cinema, então buscamos reproduzir ao máximo o ambiente de uma sala de projeção. Até a pipoca está garantida”, afirma a coordenadora do Corpo Técnico do CPI, Rajany Mororó.

O projeto tem acompanhamento de técnicos da unidade prisional, a exemplo de psicólogos, assistentes sociais e terapeuta ocupacional. Os títulos são escolhidos buscando agradar ao máximo o gosto dos espectadores – ação e aventura são os mais pedidos – observando sempre se a obra passa uma mensagem de crescimento individual e coletivo, se reforça valores sociais e se estimulam reflexões e pensamentos positivos.

Nesse momento de pandemia e com as visitas suspensas, além do Cinema Legal, diversos outros projetos são desenvolvidos pelos profissionais da empresa Socializa, que faz a operacionalização do Conjunto Penal de Itabuna, em regime de cogestão com o Governo do Estado. Entre esses projetos estão o “Tardes Musicais”, “Visitas Virtuais, Vínculos Reais”, “Cartas Sociais Online” entre outros.