SEAP E SOCIALIZA INICIAM PRODUÇÃO DE MÁSCARAS

O Conjunto Penal de Itabuna, unidade prisional administrada em regime de Cogestao entre a SEAP e a Socializa iniciou, na manhã de hoje, a produção de milhares de máscaras de proteção que atenderão à população carcerária, servidores, agentes de segurança, monitores de ressocialização e demais colaboradores da empresa.

Os internos que participam do curso profissionalizante de Corte e Costura, coordenados por colaboradoras da Socializa, foram acionados para dar início aos trabalhos visando atender a demanda.