CIRCULO DE DIÁLOGOS É PROMOVIDO COM REEDUCANDOS DO CPMS

Foi realizado, no dia 27 de janeiro, no Conjunto Penal Masculino de Salvador, um círculo de diálogos para os reeducandos, tendo como facilitadoras uma psicóloga e uma assistente social capacitadas pelo Tribunal de Justiça da Bahia. O objetivo é promover a compreensão dos sentimentos, restabelecimento dos laços afetivos rompidos devido ao cárcere, entendimento quanto às regras em sociedade, o cuidado com a saúde mental, gerando compromissos futuros e responsabilidades.

O fenômeno das relações interpessoais com interferências de convívio, sentimentos de perda e saudade, ganhos, reintegração ao meio social, regras, liberdade, entre outros, são frequentes na realidade do Sistema Prisional.

Os círculos de diálogo como implementação da Justiça Restaurativa servem como estratégia de ação para proporcionar uma conexão mais autêntica e profunda dos reeducandos, partindo da solução de possíveis conflitos advindos das relações interpessoais, envolvendo a sociedade, bem como os familiares.