INTERNOS DO CONJUNTO PENAL DE ITABUNA FAZEM PROVAS DO ENEM APÓS AULA-SHOW COM PISIT MOTA

Cerca de 50 reeducandos do Conjunto Penal de Itabuna fazem, nessas terça e quarta-feiras (10 e 11), as provas do Enem 2019 para a população privada de liberdade (Enem-PPL 2019). A preparação foi encerrada na tarde de segunda-feira (9), com uma aula-show do humorista – e professor – Pisit Mota, além de uma revisão de Espanhol, com a professora Rute Praxedes, colaboradora da própria unidade.

Pisit usou o humor para descontrair os candidatos, contando, de forma divertida, como se fez o homem e profissional de hoje, saindo de uma realidade muito parecida com a da maioria dos detentos. Falou de coisa séria, também, com diversas dicas de concentração e foco para resolução das questões da prova.

Foi mais de uma hora de show, que divertiu, instruiu e, mais que tudo, mostrou a cada um que é possível, transformar a sua realidade a partir da educação. “Tenho certeza que teremos alguns aprovados. Mas, só de participar de uma prova dessas, isso já é uma grande vitória. Se formos observar quantas pessoas gostariam de fazer as provas do Enem, porém sequer conseguiram a inscrição. Vocês já são vencedores”, afirmou, sob aplausos.

Espanhol

Os internos também tiveram uma aula de Espanhol, voltada para a resolução de questões da prova, com dicas valiosas para fugir das famosas “pegadinhas” dos falsos cognatos, entre outros alertas. A professora Rute Praxedes também deu um show, e no final, os dois mestres foram reverenciados por todos os presentes.

O aulão de revisão do Enem foi organizado pela empresa Socializa, que administra o presídio, em regime de cogestão com o Governo do Estado, e teve apoio operacional de todos os setores da unidade – educação, ressocialização, segurança, nutrição, corpo técnico e administrativo – coordenados pelo gerente-operacional Yuri Damasceno.

Estiveram presentes na abertura o coordenador de Segurança da unidade, Fábio Vivas, representando a direção, e o advogado Moisés Figueiredo de Carvalho, presidente da Comissão de Direito Criminal e Sistema Prisional da OAB – Subseção Itabuna.