OUTUBRO ROSA NO CPI: MULHERES TEM PALESTRAS E CONSULTAS COM MASTOLOGISTA

As mulheres custodiadas no Conjunto Penal de Itabuna (CPI) recebem, ao longo desse mês, diversos atendimentos por ocasião da campanha Outubro Rosa de combate ao câncer de mama, promovida na unidade pela empresa Socializa. A campanha teve início na segunda-feira (14), com palestras do Grupo Se Toque, formado por voluntárias que acompanham mulheres que enfrentam a doença, bem como orientam sobre a prevenção.
Além do Se Toque, a programação teve participação de estudantes de Enfermagem e Farmácia da Unime, que orientaram as internas a respeito de mitos e verdades sobre o câncer de mama e, de forma prática, como detectar, com o autoexame, alterações nas mamas que podem ser relacionadas à doença. Já as estudantes de Farmácia fizeram atendimentos com aferição de pressão arterial e orientações sobre cuidados com a saúde.
A equipe de Nutrição do CPI também prestou orientações, em forma de palestra, a respeito dos cuidados com a alimentação para ajudar na prevenção à doença. Outra participação importante foi do grupo O Boticário, que ofereceu momentos de beleza para as mulheres, com dicas de maquiagem e demonstrações para diversas delas.


Consultas
As internas foram ainda beneficiadas com a realização de consultas com uma mastologista, que segue atendendo a todas, durante o mês de outubro. Na consultas, o exame das mamas, feito pela especialista, pode ser o diferencial para garantir um tratamento adequado, em caso de detecção de algum nódulo suspeito. Caso sejam detectadas anomalias, todas serão encaminhadas para exames de mamografia, a fim de garantir o atendimento completo às pacientes.
Atualmente, cerca de 60 mulheres estão custodiadas no Conjunto Penal de Itabuna, e todas são beneficiadas com a campanha.