APÓS APROVAÇÃO NO ENCCEJA, INTERNO DO CPI PRESTA VESTIBULAR E SONHA CURSAR ENFERMAGEM

Mais um interno do Conjunto Penal de Itabuna (CPI) se habilita para ingresso no Ensino Superior, após concluir o Ensino Médio por meio do Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja). Após o resultado, a próxima etapa foi prestar vestibular para o curso de Enfermagem de uma faculdade particular de Itabuna, na tarde de sexta-feira (13).

De acordo com a coordenadora da Educação da empresa Socializa no CPI, Maria das Graças Vasconcelos, o reeducando concluiu o Ensino Fundamental na própria unidade, na escola anexa do Colégio Estadual de Itabuna (CEI), e fez a certificação de competências para estudantes do Ensino Médio pelo Encceja, também nas dependências do Presídio. “O sonho dele sempre foi cursar Enfermagem, e agora está a um passo de realizar esse desejo”, comemora a coordenadora.

O estudante já está no regime semiaberto, que possibilita saídas diárias para estudo e trabalho, mas a autorização depende do juiz da Vara de Execuções Penais, Carlos Maldonado. Ele também já possui uma proposta de emprego, o que também necessita de autorização judicial.

Seis aprovados