PSICOLOGIA DÁ INÍCIO A GRUPO TERAPÊUTICO “PRÁTICAS DE RELAXAMENTO”

O estresse ocasionado por uma rotina sobrecarrega, a ansiedade diante de determinas situações, como àqueles que estão em privação de liberdade, são complicações à saúde de quem sofre com pressões diárias. Esses problemas se manifestam de diversas formas e devem ser tratadas, pois se refletem no organismo com sintomas físicos e mentais. A partir dessas considerações, foi implantado um Grupo Terapêutico de Práticas de relaxamento, visando amenizar o estresse e a ansiedade.

Trata-se de um grupo terapêutico com exposição de práticas de relaxamento, constituído para atender à demanda observada nos atendimentos aos internos que estão sob condição de estresse e nível elevado de ansiedade. Em encontros programados, com intervalo de quinze dias, são apresentadas aos reeducandos as técnicas de relaxamento. A atividade visa ao relaxamento dos envolvidos, convidando-os a esquecer dos problemas e viver aquele momento de descontração através do exercício oferecido.

Assim, entende-se que o estresse ocasionado por uma rotina sobrecarregada, a ansiedade diante de determinadas situações, seja em casa, no trabalho ou mesmo àqueles que estão em privação de liberdade, são complicações para a saúde de quem sofre com pressões diárias. Esses problemas se manifestam de diversas formas e devem ser tratadas, pois se refletem no organismo com sintomas físicos e mentais.

A vivência no ambiente prisional, agudo ou prolongado, pode levar o interno a desenvolver dificuldades emocionais, tais como ansiedade e estresse. Desse modo, o interno é desligado do seu eu, despindo-se de suas características, levando a seguir um padrão de regras e nova rotina das quais o mesmo não obtinha em seu ambiente doméstico.

O grupo utiliza-se de técnicas de relaxamento, respiração profunda e orienta aos participantes para que tenham uma visão realista dos acontecimentos. Estas são algumas das estratégias mais empregadas na prevenção e do controle do estresse e da ansiedade, bem como estabelecer prioridades na vida e também aprender a ver o lado positivo das coisas.

 

vca2