GRUPO PSICOTERÁPICO COM ABUSADORES SEXUAIS É CONSIDERADO EXPERIÊNCIA INOVADORA NO CONJUNTO PENAL DE BARREIRAS

O Conjunto Penal de Barreiras marcou presença e participação na 3ª Edição – Práticas Exitosas Biopsicossociais no Sistema Prisional Baiano promovido pela Secretaria de Administração Penitenciária e Ressocialização, por meio da Superintendência de Ressocialização Sustentável, que ocorreu no dia 24 de Julho na Salvador – BA.
O Diretor da Unidade – Major César Elpídio do Sacramento Almeida, juntamente com as Psicólogas Lorrany Vieira Lopes e Jaciany Charlene Motta se fizeram presentes no evento para apresentação de Projeto aprovado e considerado como prática inovadora dentro dos ambientes prisionais: Grupo Psicoterápico com internos Acusados de Crimes Sexuais.
A atividade contempla encontros semanais com durabilidade média de 60 (sessenta) minutos, com o objetivo de problematizar temática oriunda ao sentimento e os estigmas vivenciados dentro do sistema prisional diante do crime sexual que cometeu ou foi acusado.
Acredita-se que esta é uma das ferramentas de tratamento psicoterápico aos abusadores sexuais, promovendo além de ressignificações, conhecimentos acerca de aspectos Legais e visibilidade deste público nos serviços de saúde disponível na instituição. Evita-se e/ou minimizam-se as chances de reincidência, almejando uma mudança de postura, ressocialização e até mesmo criação de mecanismos para lidar com possíveis problemas emocionais no processo extramuros.

psiCapa2

psiCapa3

psiCapa5

psiCapa4