CONJUNTO PENAL MASCULINO DE SALVADOR REALIZA CAMPANHA DE VACINAÇÃO CONTRA HEPATITE B

“A vacinação esteve disponível para toda população carcerária no CPMS durante 7 dias e a testagem está disponível como serviço de rotina no Posto de Saúde Penitenciário através do serviço de enfermagem. ” [ Paulo Salinas – Diretor ]

 

Julho foi adotado pelo Ministério da Saúde, como o mês de luta e prevenção das Hepatites Virais, tendo como o dia “D” de combate o dia 28 de julho.

A hepatite B é uma “doença silenciosa” e não apresenta sintomas em 90% dos casos. Entre 5% e 10% das pessoas apresentam comprometimento do fígado, que pode evoluir para cirrose e câncer hepático.

Com o intuito de imunizar os todos os reeducandos e funcionários da Socializa no Conjunto Penal Masculino de Salvador, ocorreu entre os dias 23 e 30 de julho de 2018, a Campanha de Vacinação da Hepatite B, objetivando assim, diminuir a incidência dessa patologia junto à população carcerária bem como a seus colaboradores.

“A vacinação esteve disponível para toda população carcerária no CPMS durante 7 dias e a testagem está disponível como serviço de rotina no Posto de Saúde Penitenciário através do serviço de enfermagem. ” Afirma o diretor Paulo Salinas.

A Socializa reafirma seu compromisso em cumprir todas as Campanhas previstas no calendário do Ministério de Saúde para o ano de 2018, com vistas a promover de forma integral e sistêmica a saúde no sistema prisional.

 

b4