MISSA DO LAVA PÉS É CELEBRADA NO CONJUNTO PENAL DE BARREIRAS

Marcada pela simbologia do colocar-se a serviço, com humildade e amor, a Missa de Lava-Pés, celebrada pelos Católicos nesta Quinta-Feira Santa (29), reuniu os reeducandos do Conjunto Penal de Barreiras.
Na liturgia católica, a celebração marca o início do Tríduo Pascal. O termo lava-pés designa o gesto que se pratica na Quinta-Feira Santa em que o sacerdote, assistido por dois ministros, lava o pé direito de 12 homens, clérigos ou seculares, à imitação e em celebração do que fez Jesus a seus discípulos, na Última Ceia.
Dom Josafá Menezes da Silva – Bispo da Diocese de Barreiras, lembrou à todos os presentes a última vontade de Jesus antes da sua morte e ressurreição, o papel dos cristãos e da igreja. O serviço. A humildade. O colocar-se abaixo, considerar uns aos outros superiores a si mesmo.
“Humildade, amor ao próximo, são valores que precisam estar presentes em todos, e para nós, que trabalhamos no Sistema Prisional é essencial para que consigamos desenvolver bem as nossas atribuições, todos nós agradecemos a presença da Pastoral e do Bispo no Conjunto Penal de Barreiras.” Afirmou o Gerente operacional da Socializa em Barreiras, Marcos Antonio Silva.

 

ig1

ig3

ig2