JANEIRO BRANCO É COMEMORADO NO CONJUNTO PENAL DE LAURO DE FREITAS

“A conscientização se faz imprescindível uma vez que os cuidados com a saúde mental ainda são alvo de preconceito” [Carolina Moitinho –  Psicologa da empresa SOCIALIZA no CPLF]

Apesar de pouco falado, o primeiro mês do ano é dedicado à conscientização dos cuidados com a saúde mental, quebrando tabus e mostrando a importância de estar em dia com a saúde mental. A campanha, criada por psicólogos brasileiros, também tem como objetivo abrir novas possibilidades para tratamentos nos aspectos emocionais e mentais.
Em alusão ao Janeiro Branco o Conjunto Penal de Lauro de Freitas realizou nesta terça-feira, 30, uma ação através dos seus setores de psicologia e pedagogia, foi desenvolvido uma de bate-papo e discussão dos tópicos relacionados para um bom desenvolvimento da saúde mental, proporcionando um momento de relaxamento e reflexão para alívio de tensões e ansiedade.
Segundo a Psicologa da empresa SOCIALIZA no CPLF, Carolina Moitinho, esta ação convida as pessoas a pensarem sobre suas vidas, o sentido e o propósito dela, a qualidade dos seus relacionamentos e o quanto elas conhecem sobre si mesmas e sobre suas emoções, seus pensamentos e seus comportamentos. “A conscientização se faz imprescindível uma vez que os cuidados com a saúde mental ainda são alvo de preconceito” afirma Carolina.

sa1

sa2

sa3 sa1 sa3 sa2