CPVC promove curso de Ressuscitação Cardiopulmonar (RCP) e Desfibrilador Externo Automático (DEA)

Nesta segunda feira o CPVC promoveu o 1º curso de Ressuscitação Cardiopulmonar (RCP) e Desfibrilador Externo Automático (DEA) para Todos os Colaboradores relacionados a área de saúde do CPVC.

Os profissionais também foram orientados sobre todo o procedimento para atender essas vítimas. Caso ocorra algum problema, o CPVC dispõe de equipamento à altura e uma equipe treinada para operá-lo e se dividiu em aula teórica e prática. Todas as manobras de ressuscitação cardiopulmonar seguem o protocolo da Associação Americana de Medicina, principal entidade internacional no assunto.

Em geral, o maior problema nos casos de emergência é o tempo, entre a parada e o uso do desfibrilador devendo passar um tempo máximo de apenas cinco minutos. É essencial, portanto, que todos os locais com grande número de pessoas tenham o próprio DEA – esperar a ambulância chegar pode levar tempo demais.

O equipamento é totalmente didático, orientando o passo a passo da operação. Ainda assim, o treinamento é vital. Depois da carga elétrica é preciso fazer respiração e massagem cardíaca. O equipamento orienta, mas não faz o trabalho sozinho.